Página Inicial / Cidades / Campo Limpo Paulista / Com um verdadeiro show na pista, Campo Limpo Paulista brilha na dança de salão no JOMI

Com um verdadeiro show na pista, Campo Limpo Paulista brilha na dança de salão no JOMI

O JOMI Campo Limpo Paulista segue a todo vapor promovendo mais inclusão e bem estar para os mais de dois mil atletas das 39 cidades participantes. Nesta segunda-feira (27), foi o dia de bocha, buraco, damas, dominó, malha, tênis, tênis de mesa, truco, vôlei adaptado, xadrez e o destaque do dia dança de salão, que teve Campo Limpo Paulista como a cidade campeã. O JOMI se estende até o dia 30 de maio, quando ocorre o encerramento oficial.

Com o dia bem cheio, a cidade de Campo Limpo Paulista conseguiu vagas nas fases finais do truco, buraco, tênis, tênis de mesa e xadrez. “Sabemos do desafio que teremos pela frente, mas até agora a nossa equipe está de parabéns. Já conseguimos chegar nas fases finais de várias modalidades, e agora, sonhamos em ganhar muito mais títulos”, diz a diretora de esporte do município Sara Salgado.

Confira alguns depoimentos dos nossos atletas

Garantindo o ouro e se classificando para a competição estadual, a dupla Dorival Saravalli de 84 anos e Dorothy Cardozo de 80 anos, contam como se sentiram após ganharem esse título importante. “Me sinto bem por ganhar uma competição como essa, estou orgulhoso de mim mesmo e da minha parceira, depois de dois meses de treino, enfim fomos recompensados”, diz Dorival. “Adorei participar do JOMI, hoje me sinto realizada com essa conquista”, completa Dorothy.

Dorival e Dorothy

Já com na terceira colocação ficou a dupla Pedro Giarola e Cleide Trosdtorf de 74 anos. “Já participei de diversas competições e por consequência já ganhei diversas medalhas, mas poder representar minha cidade e conseguir ficar no pódio é algo inexplicável. Morei por 30 anos nos Estados Unidos e por conta de um transplante de fígado comecei a dançar, e garanto, essa é uma das melhores noites da minha vida”, diz Pedro.

Pedro e Cleide

“Eu sempre participo de competições de dança, ganhando ou não, eu sempre participo. Poder dançar é algo que muitas pessoas gostariam de fazer e infelizmente não podem, por isso aproveita minha oportunidade”, diz a dançarina Cleide.

José e Wanda

Já na categoria A e na terceira colocação ficou Wanda Margarida de 69 anos e José Maurício de 64 anos. “É uma felicidade que não cabe no peito, estou me sentindo ótima. Ensaiei por quatro meses só para disputar o JOMI, e hoje todo esse esforço teve um resultado, e fico feliz porque foi positivo”, completa Wanda. “Só quem tá vivendo esse momento sabe o que está sentindo. Minha família sempre gostou da dança e é algo que me faz sentir bem, na minha opnião é a melhor coisa para o corpo e a mente”, diz José.

O JOMI, a competição mais aguardada da comunidade 60+, é uma parceria da Prefeitura de Campo Limpo Paulista ao sediar os jogos e da Secretaria de Esportes do Estado de São Paulo, voltada para promover a inclusão, o bem-estar e a prática esportiva entre a terceira idade.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Comente via Facebook

Sobre Mauricio Mike Filho

Principal executivo e responsável pela Operação do Crônicas do Rock, Jornal Torpedo e Guia Torpedo, publicações da Rede Torpedo de Comunicação, que engloba alguns portais de internet, jornal impresso, web rádio e podcast. Envolvido diretamente em tecnologia, negócios e publicidade. É o criador do personagem Mike na Noite que faz a cobertura jornalística e fotográfica dos melhores rolês da região, dando um toque bem-humorado às suas participações.

Veja Trambém

Kerosenes Punk’n’Roll

Sérgio Maverick, após sair da banda Patrulha Noturna no final de 2014, iniciou a banda …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posso Ajudar?